Plantio do Trigo: o preparo do solo e suas etapas para uma boa produtividade

Plantio do Trigo: o preparo do solo e suas etapas para uma boa produtividade

O cultivo do trigo figura como um dos maiores no Brasil, somente em 2019, segundo o IBGE, a produção alcançou a marca de 5,2 milhões de toneladas, para 2021 a expectativa é de recorde na produção, com 8,6 milhões de toneladas, após o intenso frio que atingiu o país este ano, onde muitos produtores tiveram perdas na plantação esse número configura um cenário de recuperação. 

Toda essa produtividade tem uma explicação: o trigo é o segundo cereal mais consumido no mundo, pois é amplamente utilizado na culinária como fonte principal de matéria-prima para diversos alimentos. 

A produção brasileira busca atender tanto a demanda nacional, como também exporta esse trigo para diversos países, em busca de atender a alta demanda mundial e devido ao cenário estável que o cereal apresenta no mercado internacional, a cultura do trigo pode ser uma ótima oportunidade para que os produtores tenham uma lucratividade ainda maior. 

Por isso, trouxemos neste artigo algumas dicas e práticas que você pode adotar para o cultivo do trigo e, dessa forma, garantir que a sua lavoura seja mais produtiva e rentável. 

Qual é a melhor época para plantar trigo? 

A recomendação é que a semeadura seja realizada dentro do período indicado para cada região, de acordo com o zoneamento agrícola para a cultura de trigo. 

É importante acessar às portarias do Zoneamento Agrícola de Risco Climático e checar as atualizações para saber sobre o plantio de trigo, nas diferentes localizações do país, para isso você deve acessar o site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 

Clima 

Se considerarmos que a época de plantio está ligada às condições climáticas, é importante lembrar que em diferentes fases do trigo existem suas particularidades. 

Na fase de emergência o ideal é que a temperatura do solo esteja em torno de 15ºC e umidade cerca de 120mm (50 – 200 mm). Já no perfilhamento, o recomendado é a temperatura entre 8 e 18ºC e umidade 5mm/mês (30 a 80mm). Após o fim do perfilhamento ao espigamento, a temperatura deve estar entre 8ºC e 20ºC com chuvas mensais em 40mm. Já na fase final, durante a maturação a temperatura ideal é em torno de 18ºC, com chuvas até 60mm/mês, mas lembre-se que geadas e ventos fortes são totalmente danosos ao trigo. 

Preparo do solo 

Para que o trigo cresça com mais qualidade é necessário que a sua cultura se desenvolva nas condições ideais, devido a sua sensibilidade. Nesse sentido, o primeiro passo é realizar a análise do solo para determinar os insumos que serão mais adequados para essa etapa, além de identificar possíveis deficiências que precisam ser corrigidas antes do plantio, além disso, é importante realizar a correção de nutrientes, acidez e outros elementos, é fundamental que o solo não seja compactado e mal drenado. É importante ressaltar que o sistema de plantio indicado é o plantio direto, onde não é realizado o revolvimento do solo e se mantém os bons níveis de M.O. além de conservar a estruturação física do solo. 

Semeadura 

Devido a sua sensibilidade, o trigo deve ser plantado em solo limpo, ou seja, sem a presença de ervas daninhas. Antes da semeadura, é muito importante realizar o manejo de cobertura do solo para que, ao realizar o plantio o trigo possa encontrar as condições favoráveis para crescer e se desenvolver com qualidade. É importante ressaltar a importância de um profissional para a orientação e realização dos procedimentos necessários para o plantio. O Engenheiro Agrônomo é o responsável por alicerçar essa jornada de plantio.  

É importante observar também o espaçamento entre as sementes de trigo durante a semeadura. Para o plantio de trigo na linha, que é o método mais comum – geralmente são indicados: 

  1. Espaçamento entre linhas de 17 a 20 cm;
  2. Densidade média de 200 a 400 sementes por m²;
  3. Profundidade de semeadura de 2 a 3 cm. 

OBS: procurar observar sempre as indicações técnicas de cada cultivar fornecidos pelas obtentoras da genética. 

Época de plantio 

É muito importante acompanhar o zoneamento e sempre seguir o calendário agrícola para que o plantio seja realizado na época correta. Em locais como o cerrado, por exemplo, a melhor época para o plantio do trigo sequeiro é de janeiro a fevereiro, já o trigo irrigado é necessário ser plantado entre os meses de abril e maio, enquanto isso, no sul do país o trigo deve ser cultivado entre os meses de maio a julho. 

Para garantir alta produtividade, é essencial que o plantio seja realizado na melhor época, afinal a escolha errada da data pode resultar em uma colheita de pouca qualidade e rentabilidade. Portanto, não se esqueça de realizar um bom planejamento! 

 

Gostou desse conteúdo? Então continue por dentro dos nossos artigos e informações ligados a agricultura e preparo do solo. Clique aqui e cadastre-se para receber nossas atualizações!  

Deixe uma resposta