Do preparo da terra ao plantio: tudo o que você precisa saber para plantar abóbora

Do preparo da terra ao plantio: tudo o que você precisa saber para plantar abóbora

A abóbora é um dos alimentos mais versáteis e consumidos no mundo todo, com este fruto é possível fazer os mais diversos pratos no universo culinário, além disso, o seu plantio e cultivo também são simples, entretanto, requerem certa atenção em alguns pontos, sobretudo ao preparo da terra. 

É preciso levar em consideração que a abóbora é sensível ao frio, isso exige que o plantio seja realizado em épocas de clima mais ameno como, na primavera, final do verão e no outono de Norte a Sul do Brasil. Alguns estudos indicam que a temperatura ideal para germinação vai de 25 ºC a 30 ºC e para o bom desenvolvimento dos frutos o ideal é que seja de 18 ºC a 30 ºC. 

PREPARO DA TERRA 

Uma das principais etapas do plantio é a preparação do solo. Isso exige que seja realizado primeiramente a análise do solo, isso irá determinar qual a adubação será necessária para área de plantio. O ideal é que o pH seja entre 6 e 6,5 para que a abóbora se desenvolva corretamente. Dessa forma, com a análise do solo não haverá excesso de adubagem, assim como não haverá falta e sim a quantidade exata para a germinação. 

Para áreas muito extensas, o ideal é que seja realizada a divisão do solo em glebas, com análises diferentes para cada uma, pois locais distintos de um mesmo terreno podem sofrer alterações e, dessa forma, necessitar de adubações especificas para cada um. Esse procedimento é muito utilizado, principalmente em produções comerciais, de médio a grande porte, onde é mais utilizada a adubação mineral. 

Também é importante analisar os níveis de cálcio e magnésio da terra, caso seja necessário, faça uma calagem para elevar os níveis desses componentes, mas é importante lembrar que a recomendação é que esse procedimento seja realizado de dois a três meses antes do plantio. O calcário deve ser distribuído em toda área até incorporá-lo ao solo pela aração e gradagem na profundidade de pelo menos 20 cm. Em caso de seca neste período, será fundamental a irrigação periódica para que a reação do calcário com o solo aconteça da forma correta. 

Ao completar o preparo do solo, será necessária uma segunda gradagem com o intuito de eliminar as plantas invasoras do local, após isso, é hora de iniciar a abertura das covas ou sulcos para a distribuição do adubo orgânico ou mineral. 

PLANTIO  

As covas devem ter dimensões aproximadas de 40 cm de comprimento, 30 cm de largura e 25 cm de profundidade, já os sulcos devem ter cerca de 30 cm de largura e 25 cm de profundidade. A recomendação é que o terreno seja plano e extenso para que as abóboras cresçam sem dificuldade de desenvolvimento. 

Para o plantio existem duas maneiras de serem realizados: através do sistema de sementes, depositando-as diretamente na terra ou através das mudas cultivadas em copos e vasos de papel ou plástico. 

Para o plantio através de sementes, o ideal é depositar duas a três por cova, entre uma profundidade de 1 cm e 3 cm. No caso das mudas, é aconselhável transplantá-las para a terra somente após o surgimento de pelo menos duas folhas. 

Continue por dentro das nossas dicas sobre o preparo da terra. Desenvolvemos um infográfico com diversas informações para ajudar você a conhecer cada vez mais sobre este tema. Clique aqui e baixe agora mesmo! 

Deixe uma resposta