Como identificar a fertilidade do solo? Entenda sobre análise do solo e sua importância.

Como identificar a fertilidade do solo? Entenda sobre análise do solo e sua importância.

Fertilidade do solo é a capacidade da terra em suprir nutrientes essenciais para que a plantação seja produtiva, ou seja, uma boa fertilidade do solo implica em complementar adequadamente com os nutrientes necessários, em quantidades adequadas e balanceadas para o normal crescimento e desenvolvimento saudável e regular da plantação.  

A fertilidade do solo é um recurso natural e um dos componentes mais importantes e decisivos para o plantio. Para uma plantação saudável, é necessário que diversos fatores estejam favoráveis, juntamente com o solo fértil, precisamos de um clima adequado, adubagem e o combate de pragas. 

O solo fértil deve apresentar características físicas e biológicas de qualidade para o sustento das plantas, dessa forma, ele tem a capacidade armazenar água e filtrar a poluição. Além disso, é a principal fonte de alimento para a planta, por isso é extremamente importante que este solo esteja livre de elementos tóxicos.   

A fertilidade do solo pode ser entendida de quatro maneiras:  

Fertilidade Natural – ou seja, é a formação natural do solo: material de origem + ambiente + organismos + tempo; 

Fertilidade Potencial – é quando são manifestadas condições de limitação da capacidade real do solo, qual o impede de fornecer os nutrientes à plantação. Geralmente acontece com solos ácidos; 

Fertilidade Atual – modificada por ação antrópica, ou seja, práticas de adubação e manejo de minerais e adubagem orgânica do solo; 

Fertilidade Operacional – são utilizados extratores que são soluções químicas, para simular e identificar os teores de disponibilidade dos nutrientes disponíveis no solo 

Para que a plantação se desenvolva corretamente é necessário que exista no solo a disponibilidade e absorção de nutrientes de forma adequada. É importante que haja equilíbrio em suas proporções, pois, tanto a deficiência quanto o excesso de nutrientes, podem limitar o fornecimento destes elementos nutricionais necessários à plantação e, reduzir a produtividade devido a essa limitação, ocasionando a perda do plantio. 

É importante realizar a identificação do solo regularmente antes de iniciar um novo plantio, por exemplo se ele é um solo arenoso, qual seus nutrientes são lavados de forma natural e exige que a adubação aconteça de forma fracionada. 

O segundo passo é coletar amostras da área para que seja realizada uma análise de identificação de alguns fatores, como:  

Quais são os nutrientes presentes no solo; 

Encontrar os dados corretos para o uso de fertilizantes; 

Otimizar o aumento e a rentabilidade da fertilização;  

Exemplificar a variabilidade natural da sua lavoura. 

Dessa forma, ao identificar a variabilidade do solo será possível desenvolver procedimentos individuais para cada parte da propriedade e assim, otimizar o manejo e desenvolver um estudo mais profundo. Essas ações são extremamente importantes para minimizar os gastos, descobrir o potencial do solo para plantio e quais são os fertilizantes e os adubos ideais para o solo da sua propriedade. 

É importante ressaltar que, a análise do solo pode ser realizada em qualquer época do ano, no entanto, o mais adequado é que ela aconteça no período de entressafra, pois, dessa forma, você terá tempo de preparar o solo e realizar o planejamento agrícola. 

Deixe uma resposta