Plantio e cultivo da uva!

Plantio e cultivo da uva!

Para quem deseja iniciar uma atividade agrícola com boas expectativas de rentabilidade, uma dica é a plantação de uva. A uva começou a ser cultivada há mais de 8 mil anos no Oriente Médio, onde a sua casca era utilizada para produzir vinho. No Brasil, a uva chegou junto com os portugueses em 1535, quando começou a ser cultivada na Capitania de São Vicente.

As uvas proporcionam um grande benefício à saúde. Além de ser uma fruta altamente energética, certas substâncias presentes na fruta ajudam a reduzir a pressão sanguínea através da dilatação das artérias. O suco da fruta também combate a acidez sanguínea, auxilia a digestão e possui capacidade desintoxicante, além de combater o envelhecimento.

Há uma grande variedade de espécies de uvas que podem ser cultivadas, e cada uma delas é mais adequada para uma finalidade. Elas podem ser divididas em quatro grupos. Uvas rústicas de mesa, como Niagara Branca, Niagara Rosada, Isabel e Concord, possuem um ciclo de cultivo de 135 a 155 dias. Uvas finas de mesa, como Itália, Rubi e Red Globe, que são as mais consumidas naturalmente.

Existem também as uvas sem sementes, muito apreciadas para o consumo natural, e aquelas especialmente destinadas à fabricação industrial de vinhos.

 

Cultivo da uva

O cultivo da uva apresenta melhor desenvolvimento quando cultivada em áreas com predominância do clima mediterrâneo. No entanto, não tem problemas para ser cultivada em outros tipos de climas (desde que se estabeleça numa faixa de temperaturas entre 15°C e 30°C).

De maneira geral essa planta se adequa bem a diferentes tipos de solos, a única exceção são os solos encharcados. Sua primeira missão ao decidir ingressar no ramo da plantação de uva é justamente escolher qual é o tipo a ser plantado, o que deve ser feito a partir do destino que a uva terá depois de colhida.

Definido o tipo de uva que vai plantar, é hora de ir atrás das sementes. As videiras caracterizam-se por crescerem em formato de trepadeira, por isso precisam de suportes para se enrolar a medida que vão crescendo. Após construir os suportes para as videiras é a hora de plantar as sementes de uva. Mas atenção, muita cautela nessa etapa, pois qualquer erro pode culminar em prejuízos em toda a produção.

Depois de semeadas é necessário cobrir as sementes com duas camadas de terra, isso ajuda a isolar do calor externo. Além disso, as sementes precisam ficar condicionadas a uma temperatura diurna inferior a 20ºC e noturna de até 15ºC. Mantenha o solo úmido, mas não encharque-o. As sementes começam a brotar oito semanas após a semeação. Tenha paciência, pois nem sempre as videiras produzem frutas já no primeiro ano de vida, algumas espécies podem demorar até quatro anos para que surjam as primeiras uvas. As uvas podem ficar prontas para a colheita entre 30 e 70 dias depois do aparecimento dos botões.

A fruta é considerada madura quando as suas pagas amolecem e a coloração fica mais intensa. A colheita deve ser feita através do corte dos cachos com o uso de alicates próprios para esta atividade. Agora que você conheceu algumas técnicas de como cultivar boas uvas, que tal iniciar sua própria produção?

Deixe uma resposta