O desenvolvimento do setor agrícola brasileiro e sua importância

O desenvolvimento do setor agrícola brasileiro e sua importância

R$ 630,9 bilhões. 

Esse é o valor recorde bruto de produção agropecuária alcançado pelo Brasil em 2019. O valor representou cerca de 21,9% do PIB nacional neste ano, que obteve queda de 2 pontos percentuais em relação aos anos de 2016 e 2017. 

A participação do agronegócio nas receitas líquidas nacionais é sempre considerável, e para 2020, a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária no Brasil) prevê que o montante final seja de R$ 669,7 bilhões, um crescimento de quase 10% sobre 2019. 

O Brasil é um dos maiores exportadores de produtos naturais do mundo. Em destaque estão soja, milho, carne bovina, carne de frango e celulose, além de minérios de ferro e petróleo. 

Fora as principais exportações, o país destaca-se também pelas grandes produções de laranja, café, cana-de-açúcar e fumo. Este montante de produtos dão ao país as posições de 1º, 2º e 3º maior produtor do mundo. 

O Brasil se beneficia da grande área geográfica territorial que ocupa e também da quantidade de vegetação disponível para plantio, o que gera maior possibilidade de investimento na indústria agropecuária, colaborando positivamente com o PIB do setor e com o PIB do país. 

Para que a indústria agro não pare de crescer e de se desenvolver, o setor de ferramentas e maquinários também se move em ritmo acelerado. Em 2019, segundo a ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), o setor alcançou R$ 82,4 bilhões, número consideravelmente alto, levando-se em conta o fato de que as exportações para a América Latina e para a Europa diminuíram enquanto que as vendas para os Estados Unidos cresceram. 

Invista no agronegócio e faça parte do setor que mais cresce e se desenvolve no país. Para ter acessórios e ferramentas que farão a diferença na sua vida agrária, conte com a Pegorari.

Deixe uma resposta