Desde o início, nossos ancestrais tiveram de começar a usar a natureza a seu favor. Se você parar apenas alguns instantes para pensar, o ser humano é um ser muito frágil e justamente por causa da sua fragilidade ele teve de começar a desenvolver ferramentas que o ajudassem a sobreviver.

A primeira ferramenta que se tem notícia é um machado de mão, feito com pedra lascada. Ela possui uma ponta afiada de um lado e é arredondada do outro. Depois que o ser humano começou a fazer ferramentas tudo mudou: eles descobriram que tais ferramentas podiam ajudá-los a se defender, pescar, caçar e cultivar a terra. Daí em diante o homem começou a transformar a natureza a seu favor e usa a pedra como principal matéria prima para fabricar facas, serras, martelos, enxadas, lanças, entre infindáveis outras ferramentas. Todas elas foram fundamentais para sobrevivência do homem, especialmente na agricultura onde desenvolveram o arado, a enxada, a foice.

Com o tempo, o homem primitivo descobriu que podia moldar e transformar os materiais com o barro, a cerâmica. Que grande passo tecnológico! Eles perceberam que quando a argila estava molhada, ela ficava flácida, fácil de moldar. Perceberam também que quando a argila estava seca, ela virava pó. Foi então que descobriram que se a argila fosse exposta a 600 graus centígrados de temperatura, ela não se desmanchava na água e mantinha sua forma.

O homem descobriu também que podia imaginar qualquer objeto e torná-lo realidade com a cerâmica. Tempos depois descobriu que podia fazer a mesma coisa com os metais, começando com o cobre, depois o bronze, até chegar ao ferro.

O processo mais usado era o forjamento, ou seja, ele martelava a forma de aquecida de metal até conseguir o objeto que ele queria. Mas todo esse processo não era fácil de fazer, porque, quanto mais o homem forjava, soldava e dava acabamento nas peças, mas ele sentia a necessidade de especializar o seu trabalho. Foi assim que surgiram os primeiros profissionais na fabricação de ferramentas.

Em 500 anos antes de Cristo, já era possível ver muitas ferramentas mecânicas como tenazes, unções, rodas hidráulicas, formões, diversos tipos de martelos e outras ferramentas já tinham um aperfeiçoamento bem razoável.
Quer receber mais notícias sobre curiosidades sobre ferramentas? Clique aqui.